Quinta, 14 Dez 2017
 
 
Sobre Guaratuba

tucano por ezio agostinho
 




 

Guaratuba: patrimônio  ambiental e arqueológico








 


Patrimônio Ambiental e Arqueológico
A Praia de Guaratuba, ao norte de Bertioga, nas proximidades da Reserva Índigena Ribeirão Silveiras, guarda um Patrimônio Ambiental e Arqueológico amplamente estudado por renomados cientistas brasileiros e europeus.
A região, juntamente com Itaguaré, mereceu mais de uma centena de pesquisas científicas, realizadas por pesquisadores de universidades brasileiras, como a USP, Unesp, Unisantos, Unicamp; e espanholas como a de Santiago de Compostela e Coruña. Tão significativas quanto as pesquisas das universidades são as  produzidas pelos institutos paulistas de Geologia, Botânica, Biologia, Zoologia de São Paulo, além do diagnóstico ambiental produzido pela Ong WWF-Brasil fundamentado no reconhecido projeto Biota-Fapesp.
O trabalho da comunidade científica evidencia não apenas as riquezas naturais da região. Fornece subsídios indispensáveis para que os gestores públicos promovam a conservação desse Patrimônio estabelecendo limites à urbanização e ocupação compatível com as características naturais e culturais da região.


 ALGUMAS DAS RIQUEZAS IDENTIFICADAS PELO WWF NA REGIÃO
 SÍTIOS ARQUEOLÓGICOS E EVIDÊNCIAS DE OCUPAÇÕES PRÉ-HISTÓRICAS NO RIO GUARATUBA 
 1 DAS 35 ECORREGIÕES PRIORITÁRIAS NO MUNDO PARA A CONSERVAÇÃO
 ECOSSISTEMA DE RESTINGA DOS MAIS PRESERVADOS DA MATA ATLÂNTICA PAULISTA
 1 DOS HOTSPOTS (ALTO NÍVEL DE BIODIVERSIDADE) MUNDIAIS SEGUNDO A CONSERVAÇÃO INTERNACIONAL
 17 TIPOS DE VEGETAÇÃO ENDÊMICA, QUE SÓ OCORREM EM SÃO PAULO E NO RIO DE JANEIRO
 2 BACIA HIDROGRÁFICAS: RIO ITAGUARÉ E GUARATUBA
 40 ESPÉCIES DE MAMÍFEROS DE MÉDIO E GRANDE PORTE
 40 ESPÉCIES DE ANFÍBIOS E 53 DE RÉPTEIS
 6 ESPÉCIES DE MAMÍFEROS AMEAÇADOS DE EXTINÇÃO
 44 ESPÉCIES DE FLORA AMEAÇADA DE EXTINÇÃO
 MAIS DE 1.000 ESPÉCIES DE PLANTAS
 AREA IMPORTANTE PARA CONSERVAÇÃO DE AVES OU IBA (IMPORTANT BIRD AREA)