Quinta, 14 Dez 2017
 
 
Federação de Guaratuba reúne-se com Marinha e Prefeitura para tratar da questão dos jet skies
Convênio entre a Capitania dos Portos de Santos e a Prefeitura de Bertioga deverá reduzir acidentes e danos ambientais provocados pelos
jet skies em Guaratuba

 

Foto: Arquivo Federação de Guaratuba
Direita para esquerda: Milzo Prado e José Amaro de Oliveira, Diretor Adjunto e Vice-Presidente da Federação de Guaratuba, respectivamente, e Capitão Valter Barros Barbosa, Chefe do Departamento de Tráfego Aquaviário da Capitania dos Portos, da Marinha de Santos

A Federação de Guaratuba reuniu-se com autoridades da Marinha e da Prefeitura para tratar da questão das motonáuticas, conhecidas pelos brasileiros como jet skies.

Segundo informações do Capitão Valter Barros Barbosa, Chefe do Departamento de Tráfego Aquaviário da Capitania dos Portos, de Santos, a Marinha e a Prefeitura de Bertioga deverão celebrar convênio, fundamento no Plano de Gerenciamento Costeiro do Município, para que Guaratuba possa ter mais policiamento, sinalização e campanhas de conscientização.

O Departamento de Operações Ambientais da Secretaria Municipal do Meio Ambiente, DOA, representando por seu diretor Bolívar Brabanti, estuda, no momento, a sinalização e o balizamento junto ao Rio em parceria com a Federação de Guaratuba e Associação Morada da Praia.
Com essas medidas espera-se reduzir o número de acidentes e evitar tragédias como a que vitimou a pequena Grazielly em fevereiro deste ano.
 
next
prev